a autora Maria Afonso Biografia

1947

Maria Afonso da Silva nasceu em 29 de novembro de 1947, no Sítio Picos município de Martins, hoje município de Antônio Martins-RN. Filha do senhor Manoel Jacinto da Silva (in memoriam) e de dona Geraldina Gomes da Silva. Ainda muito criança seus pais mudaram-se para o vizinho estado da Paraíba, mais precisamente no município de São Gonçalo. Ali conheceu as primeiras letras pelas mãos de sua tia paterna, Maria Gení. Aos seis anos de idade seu pai volta para o RN e vai morar no sítio Fidalgo, município de Alexandria, continuando a estudar agora com a tia materna Rita Maria (in memoriam). As aulas eram à noite porque a professora e os alunos (que eram adultos) trabalhavam na roça, com exceção da única criança da turma, Maria Afonso.

1954

Em 1954 seu pai conseguiu um emprego no Posto Agropecuário de Martins que se localizava no Sítio Corredor. Mudaram-se e a mãe dona Geraldina pediu ao chefe do Posto, Dr. Paulo Germano uma escola. A resposta foi: “arranje a professora”. Ela mandou buscar sua irmã Rita Maria e teve início a Escola do Sítio Corredor.

1959

Daí estudou o 1º, 2º, 3º anos e iniciou o 4º. Então seu pai foi transferido para o Posto Agropecuário de Pau dos Ferros, que se localizava no Distrito de Varzinha, hoje Rafael Fernandes. Isso no dia 17 de fevereiro de 1959, uma terça feira. Chegando a nova terra, como era de costume, seus pais procuram uma escola. E a menina foi estudar na Escola Reunida Mano Marcelino. Ficou na 3ª série e estudou até o 5º ano primário.

1965

Em 1965 fez um teste classificatório em Pau dos Ferros, concorrendo uma vaga no curso de Treinamento para Professores, depois de seu pai ter sido consultado por D. Francisca Soares se aceitaria a filha vir a ser professora. A menina já contava 18 anos, já tinha o curso de bordado com a professora Miriam Vitor, o curso de corte e costura com a professora Maria Ivone Oliveira.

1966

O Curso de Treinamento aconteceu em três etapas e no dia 09 de fevereiro de 1966 a jovem professora deu a sua primeira aula no então Grupo Escolar Mano Marcelino.

Formatura do Curso de Costura à Máquina (1966)

Formatura do Curso de Costura à Máquina (1966)

1969

Casou-se em 1969 com José Leite Sena no dia 08 de março e tiveram dois filhos. Alessandro Leite e Bráulio Caleb, sendo o 1º casado com Ezilda Queiroz e tem um neto João Vitor que estuda em Uberlândia – MG.

1970

Em 1970 Passou dois meses em Ceará-Mirim fazendo o curso de Cultura Geral se preparando para o Ginasial Madureza — Art, 99. Fez as provas exames em Caicó nos anos de 1972 e 1973 sendo aprovada e passou a cursar o Magistério — 2º grau em Pau dos Ferros na Escola Estadual "31 de Março”.

1979

Em 1979 mudou-se para morar na cidade de Pau dos Ferros e fez vestibular para o curso de pedagogia. Sendo aprovada, estudou no Campus de Pau dos Ferros e em 1987 mudou-se para Mossoró vindo a concluir o curso no Campus Central. Durante todos esses anos lecionou além da E. E. Mano Marcelino, também E. E. 4 de Setembro, E. E. Joaquim Correia em Pau dos Ferros. Em Mossoró lecionou nas escolas: E. E. Luís Cavalcante, E. E. 30 de Setembro, E. E. Jerónimo Rosado, E. E. Dix-Sept Rosado, E. E. Prof. Hermógenes Nogueira e no CENPACRE (Centro Pastoral de Ciências Religiosas onde fez o Curso Superior de Teologia, fez também o Curso de Bíblia do CEBI em Governador Dix-Sept Rosado nos anos 96 e 97.

2002

Em 2002 se aposentou do cargo de professora pelo Estado com 36 anos de sala de aula lecionando durante esse período: Português, Literatura, Redação, Geografia, Ciências, História, Educação para o Trabalho, Filosofia, Sociologia, Cultura do RN, Educação Moral e Cívica, OSPB, Geografia da Palestina, Visão Geral da Bíblia e Ensino Religioso (ERE).

Depois de todas essas experiências, trabalhou como supervisora pedagógica do Colégio Maria Auxiliadora Costa e Colégio José Moreira da Costa. Neste último trabalha até hoje.

É convidada para ministrar palestras com grupo de jovens, grupo do ECC do qual faz parte, nas festas de padroeiros nas diversas comunidades e paróquias, estudos bíblicos, apresentação de Mostra Cultural, reflexão na Rádio Santa Clara. Maria Afonso já foi vendedora de perfumes, do Avon, das revistas Phostaus, Hermes, Cristian Grey, e também vendia e semi-jóias. Uma pessoa realmente polivalente. Durante algum tempo também foi revendedora de Crediário de porta em porta (toalhas, lençóis, cortinas, redes e aquelas famosas louças para estante: elefantes, pirâmides, vasos e outros). Diante desse currículo podemos dizer que é uma mulher polivalente.

Voltar ao topo

versão para impressão

Versão para impressão (.pdf)

Compartilhe
Curta